LiveZilla Live Help

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

central de dicas manuais tutoriais
l

não se engane! compre qualidade!

teste de estabilidade e pc analyzer dígitos

Teste de estabilidade do micro (auxilia em defeitos intermitentes) e placa de diagnóstico 6 dígitos: imperdível
saiba mais...

película protetora de telas LCD

Película protetora para telas LCD: vários tamanho para proteger a tela LCD de notebook, laptop, netbook, smartphone, Ipad, tablet: riscos e arranhões, nunca mais!
saiba mais...

placas de diagnóstico testadores e adaptadores


Rio de Janeiro,


Facebook: Recomende! Twitter: Siga-nos e concorra a prêmios!

- Como ocorre a inicialização do micro passo-a-passo:

Como ocorre o processo de BOOT no hardware da máquina:

Conhecer a dinâmica do boot em um computador auxilia muito a detectar defeitos no micro, principalmente ao se basear nas mensagens de erro que são produzidas pela BIOS. Claro que neste caso, estamos falando de um micro com defeito, mas com sinal de vídeo.

O termo “boot” serve para designar o método pelo qual o PC se torna operacional. Ao ligar o computador, ou pressionar o reset, o PC carrega um grande sistema operacional, após primeiramente carregar um programa pequeno que carrega o sistema operacional na memória do micro. A sucessão de eventos se inicia com a energia alimentando a placa-mãe e finaliza em um completo sistema com programas carregados e rodando. Cada evento, dentro do processo de hardware, é iniciado com a finalização do evento anterior, e sua finalização, significa o início do próximo numa cadeia de processos.

A primeira parte da seqüência de inicialização é independente do sistema operacional, o que significa que esses passos são os mesmos para qualquer PC, independente do sistema operacional que ele use: Linux, Windows, etc...

A segunda parte, já é dependente do sistema operacional instalado na máquina, o que significa que esses passos posteriores vão variar de computador para computador.

Seqüência de eventos:

1) O computador é ligado

2) A fonte ATX executa um auto-teste nas tensões de alimentação. Quando todas as voltagens e níveis de corrente estão aceitáveis, a fonte indica que a energia de alimentação aos periféricos está ok e emite o sinal power_good para a placa-mãe. O tempo entre o botão de liga/desliga ser pressionado até a liberação do sinal power-good é normalmente entre 0.1 e 0.5 segundos.

3) O microprocessador começa a executar o código da ROM BIOS, iniciando no endereço de memória FFFF:0000. Como este endereço é localizado nos últimos 16bytes de espaço disponível na ROM, há uma instrução JMP (jump-salto) para o endereço inicial da ROM.

4) A ROM BIOS executa testes em todo o hardware para verificar a funcionalidade do sistema de hardware como um conjunto. Qualquer falha encontrada será indicada por beeps, porque o sistema de vídeo ainda não foi inicializado. Se a BIOS for plug and play (PnP), os passos a seguir, serão executados.

5) A BIOS PnP verifica a memória RAM em relação aos endereçamentos das portas de entrada/saída, IRQ´s (interrupt request lines – linhas de requisição de interrupção utilizada pelos programas, posteriormente, para requerer espaço de carga na memória RAM, DMA (direct memory Access – acesso direto á memória), e todos os seus canais, e diversas outras configurações necessárias para inicializar dispositivos plug and play no computador.

6) Todos os dispositivos Plug and Play encontrados pela BIOS são desabilitados, para evitar potenciais conflitos.

7) É criado um mapa de recursos de hardware usados e não usados.

8) Os dispositivos de hardware plug and play são configurados e reabilitados um por vez.

9) A BIOS executa uma verificação no endereço destinado a vídeo ROM´s, em busca de programas de ROM BIOS, que podem estar contidos tanto em uma ROM BIOS de vídeo de uma placa de vídeo onboard, como em uma placa de vídeo plugada em qualquer slot na placa mãe. Encontrando uma vídeo ROM BIOS, a mesma é testada através de um procedimento de checksum (este procedimento verifica a integridade de cada área de endereçamento da memória ROM). Se a video BIOS passar no teste de checksum, a ROM será executada, e vai inicializar a controladora de vídeo, então um cursos aparece na tela. Se o teste de checksum falhar, a seguinte mensagem aparecerá:
“C000 ROM Error”

10) Se a BIOS não encontrar nenhum vídeo ROM de placas off-board, então usará os drivers da vídeo ROM da placa mãe, para inicializar o hardware do monitor de vídeo, e o cursor vai aparecer na tela.

11) A ROM BIOS da placa mãe verifica os endereçamentos de memória C800:0000DF80:0000 incrementando 2KB, para buscar outros tipos de ROM BIOS, que possam estar em qualquer outra placa controladora (como por exemplo, placas SCSI, placas recovery cards). Se alguma for encontrada, ela é testada, e o programa existente nela é executado. Estas ROMs provenientes de outras placas podem alterar as rotinas existentes na ROM principal, e estabelecer novas rotinas.

12) Falha no teste de qualquer uma dessas ROMs de placas controladoras ou adaptadoras, vão ocasionar a seguinte mensagem:
“XXXX ROM Error”, onde XXXX indica o endereço do segmento da ROM defeituosa.

13) A ROM BIOS analisa o valor da palavra no endereçamento de memória 00000472 para saber se a inicialização do computador é proveniente de boot a frio (quando você liga o computador no botão liga/desliga) ou boot quente (quando o micro já estava ligado, e por algum motivo você reinicializa o micro). Uma palavra com valor 1234h neste endereçamento é um flag indicador de boot quente, o que faz com que a BIOS pule a parte de teste da memória RAM do POST. Qualquer outro valor neste endereçamento indica boot a frio, então a BIOS executa o procedimento completo do POST.

14) Qualquer erro encontrado durante a execução do POST, será reportado através de uma combinação de beeps audíveis e exibição de mensagens de erro. A finalização dos testes com sucesso será indicada através de um beep único.

15) A ROM BIOS procura por informação de boot no cilindro 0, cabeça 0, setor 1 (o primeiro setor) no dispositivo de boot padrão. Atualmente, as BIOS, por padrão, permitem que o usuário habilite o dispositivo de boot padrão, e outros, além do padrão. Após a busca pelo dispositivo padrão, caso não encontre informação de boot no padrão, a BIOS vai procurar esta informação em outros dispositivos que estejam configurados. O setor de boot é carregado na memória no endereço em 0000:7C00 e é testado.
Se houver disco em um dos drives, mas o setor não puder ser lido, ou caso não haja nenhum disco presente, a BIOS segue, com o procedimento do passo 18.

16) Se o boot estiver ocorrendo através de um disquete, e o primeiro byte da informação de boot do volume for menor que 06h, ou se o primeiro byte for maior ou igual a 06h e as primeiras nove palavras contiverem os mesmos caracteres de dados, uma mensagem de erro aparece e o sistema para:
“602-Diskette Boot Record Record Error”

17) Se a informação de boot do volume (VBR, volume boot Record) não puder encontrar ou carregar os arquivos do sistema, ou se um foi encontrado um problema ao carregá-los, uma das mensagens a seguir, aparecerá:

- Non-system disk or disk error
Replace and strike any key when ready

- Non-system disk or disk error
Replace and press any key when ready

- Invalid system disk
Replace the disk, and then press any key


 


placa de diagnóstico pc analyzer multifunção com visor lcd

Placa de Diagnóstico Multifunção com visor LCD: para todos os modelos de micros desktop, e todos os modelos de notebooks, laptops, netbooks
saiba mais...

  " O Senhor é meu pastor; nada me faltará." (Salmos 23:1)